Arquivo do mês: maio 2011

A LIBERDADE TROUXE A DIGNIDADE

Quando se vive numa senzala, perde-se a noção de tempo. O que mudava de um dia para o  outro era a crueldade do sol, o resto era sempre tudo igual, pular da rede com o cantar do galo, trabalhar feito … Continuar lendo

Publicado em Estórias, Pai Guiné, Pretos Velhos | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário